"Gosto de dizer. Direi melhor: gosto de palavrar. As palavras são para mim corpos tocáveis, sereias visíveis, sensualidades incorporadas." (Bernardo Soares)
publicado por Departamento de Língua Portuguesa | Quarta-feira, 15 Junho , 2011, 08:49

Abafem a

Destruição

Animalesca da

Humanidade.

Libertem-me do

Espelho que

Polui o

Silêncio do céu.

Escrevam o

Entendimento

Suposto das vossas

Palavras. Deixem-me

Esquecer a

Leveza dos

Harpejos,

Então

Amanhã

De manhã…

Acordarei.

 

                                 

Beatriz Vaz, 8.º D


Blogue do Departamento de Língua Portuguesa do Colégio de Nossa Senhora do Rosário
Pesquisa Literária

Conto Colégio

Textos de Alunos

pesquisar neste blogue