"Gosto de dizer. Direi melhor: gosto de palavrar. As palavras são para mim corpos tocáveis, sereias visíveis, sensualidades incorporadas." (Bernardo Soares)
publicado por Departamento de Língua Portuguesa | Sexta-feira, 25 Outubro , 2013, 10:00
Bem, até agora,

tinha tempo por gastar.

Hoje, não tenho tempo ,

para desfrutar.

 

Nasceu a minha mana, 

mudou a minha vida,

e só faço este poema,

por a minha querida irmã ter uma boa cama.

 

Nunca sei o que fazer, 

nem o que lhe dizer,

à minha pequena novata,

neste mundo onde tenho tudo a fazer.

 

O meu pai diz para eu cantar,

para a tentar acalmar,

mas eu digo para ele se calar, 

porque senão não consigo acabar de por a bebé a chonar.

 

Enquanto escrevo poesia,

a bebé ri,

a ver os programa "o gato mia e o rato chia".

 

Agora não tenho tempo para descansar, 

nem para relaxar, 

mas tenho a minha mana,

para gozar, 

e acarinhar.

 

João Barbot, 7.º E

tags: , ,

Blogue do Departamento de Língua Portuguesa do Colégio de Nossa Senhora do Rosário
Pesquisa Literária

Conto Colégio

Textos de Alunos

pesquisar neste blogue